Conhecer as calorias dos alimentos, para elaborar dietas, assim como apreender as calorias dos alimentos para controlar as necessidades diárias. Conhecer os gastos calóricos para emagrecer com exercícios físicos, tendo por base as necessidades calóricas diárias. Calorias controladas através de dietas que permitam emagrecer.


Gastar calorias com ciclismo

O ciclismo é um excelente exercício, sem impacto, tanto para queimar calorias como para melhorar o condicionamento cardiovascular. Trabalha músculos das pernas, especialmente o quadríceps, coxa posterior e panturrilha. Não é recomendável a pessoas com problemas em joelhos e coluna onde a posição e os movimentos são prejudiciais. Você pode obter melhores resultados andando em terrenos com subidas ou ajustando a bicicleta ergométrica para simular subidas. Uma hora de ciclismo queima aproximadamente 530 calorias.
Porém, a prática do ciclismo pode ocasonar alguns probleminhas de fácil solução em algumas partes do corpo. Seguem algumas dicas retiradas do blog Clube de Ciclismo Vila Flor:
Mãos
  • Sintomas: Dormência e/ou perda de força nas mãos (Neuropatia Ulnar).
  • Causas: Excessiva pressão das mãos sobre o guiador.
  • Solução:
  1. Use luvas de ciclista, com as palmas estofadas e/ou coloque fita estofada no guiador;
  2. Mude a posição das mãos com freqüência ao andar.
Região Lombar
  • Sintomas: Rigidez; dolorido
  • Causas:
  1. Ficar muito tempo curvado sobre o guiador.
  2. Guiador muito baixo em relação ao selim.
  3. Espigão do guiador longo demais.
  4. Uma perna maior/menor que a outra.
  • Soluções:
  1. Estique o corpo antes andar, mude freqüentemente de posição e faça ” sit-ups ” com os joelhos dobrados, para fortalecer os músculos das costas.
  2. Levante o guiador até uma polegada abaixo do selim
  3. Substitua o suporte por outro do tamanho certo. Ao andar com as mãos nas calotas da alavanca de freio e olhar para baixo, o guiador deve ocultar o cubo dianteiro.
  4. Ponha um calço entre a presilha e o calçado da perna menor, ou então peça a um pediatra para fazer uma sola ortótica.
Olhos
  • Sintoma: Cansaço; secura
  • Causas:
  1. Exposição excessiva à radiação ultravioleta.
  2. vento nos olhos e/ou pouca lubrificação por lágrima.
  • Soluções:
  1. Use óculos de sol, com lentes à prova de choque e capazes de deter um alto grau de raios ultravioleta.
  2. Use óculos de sol do tipo que rodeiam a cabeça e/ou use colírio.
Pés
  • Sintomas: Queimação ou dormência na bola do pé ( pé quente).
  • Causas:
  1. Calçado apertado.
  2. Solas rígidas de plástico.
  3. faixas de pé apertadas.
  4. Pés inchados.
  • Soluções:
  1. Coloque uma palmilha fina e elástica.
  2. Mantenha as faixas frouxas a não ser em subidas e em altas velocidades
  3. Afrouxe os laços do calçados e das faixas, ao menor sinal de desconforto.
Ombros
  • Sintomas: Rígidos; doloridos
  • Causas:
  1. Andar com os ombros presos.
  2. Largura inadequada do guiador.
  3. Pouca altura ou comprimento do espigão do guiador.
  • Soluções:
  1. Mantenha os cotovelos dobrados e frouxos, para absorver melhor os choques da estrada.
  2. Substitua por um guiador de dimensões corretas. A largura da barra deve ser a mesma que dos ombros.
  3. Substitua por um suporte com comprimento e altura adequados (Veja Região Lombar).
Pescoço
  • Sintomas: Rigidez; dor
  • Causas:
  1. Capacete apertado.
  2. Cabeça fixa por muito tempo.
  3. Posição de pedalar muita baixa.
  • Soluções:
  1. Use um capacete moderno e leve, dentro dos padrões de segurança.
  2. de tempo em tempo, abaixe e gire a cabeça.
  3. Aumente a altura do guiador ou substitua por um suporte mais curto.
Coxas
  • Sintomas: desconforto; cãibras
  • Causas:
  1. Muito esforço ou muito tempo ao pedalar.
  2. Falta de treino ou de líquido.
  • Soluções:
  1. Diminua o ritmo para relaxar; depois massageie os músculos.
  2. Aumente a distância e a intensidade aos poucos e tome líquidos com freqüência ao andar.
Nádegas
  • Sintomas: Desconforto: dor causada pelo selim; esfolação
  • Causas:
  1. Pouco tempo no selim e/ou sela muito estreita, ou muito larga ou muito dura.
  2. Altura do selim inadequada.
  3. Equipamento inadequado.
  4. Falta de higiene.
  • Soluções:
  1. Aumente a quilometragem aos poucos e/ou substitua o selim por um que se encaixe na sua anatomia. As mulheres podem requerer um selim mais largo. Uma almofada de selim pode ajudar também.
  2. A medida do topo do selim até a metade do eixo da manivela deve ser 88.5% do comprimento da costura lateral da perna, medida do entreperna até o assoalho, estando de pés descalços. Altura inadequada provoca movimento excessivo e fricção ao pedalar.
  3. Use calções com retângulos variados com estofamento no entrepernas (Chamois).
  4.  Lave a área da virilha antes de toda corrida; lave os calções após toda a corrida.
Joelhos
  • Sintomas: Rigidez; dores
  • Causas:
  1. Pedalando a uma marcha muito grande.
  2. Aumento muito rápido de quilometragem.
  3. Posição inadequada da presilha do pé.
  4. Altura do selim inadequada.
  5. roupas impróprias
  • *Soluções:
  1. Aprenda a andar em marchas moderadas, numa rápida cadência de mais de 90 rpm.
  2. Aumente kilometragem e intensidade apenas cerca de 10%, por semana, no começo de cada temporada.
  3. Coloque os presilhas de forma a conservar o alinhamento dos pés e coloque a bola do pé em cima do eixo do pedal.
  4. Ajuste o selim.
  5. Use colants ou aquecimento nas pernas quando a temperatura estiver abaixo de 15%.
Cintura
  • Sintomas: Dor lateral ou “pontada “
  • Causas: Pouco oxigênio nos músculos, usados para respiração intensa.
  • Soluções: Reduza a intensidade do esforço físico e/ou massage de leve a região para aumentar o fluxo sangüíneo.
Tornozelos
  • Sintomas: Parte traseira do tornozelo sensível ( Achilles Tendinitis ).
  • Causas:
  1. Aquecimento inadequado.
  2. Subida em marcha muito grande.
  3. Altura do selim ou posição das presilhas do pé inadequadas.
  • Soluções:
  1. Estique-se antes de andar; comece a rodar devagar, especialmente quando frio.
  2. Use marchas baixas para subida.
  3. Ajuste a altura do selim e a posição das presilhas.
Quadris
  • Sintomas: Dor crônica; contusão
  • Causas:
  1. Altura do selim inadequada ou perna mais curta.
  2. Acidente.
  3. Soluções:
  1. Ajuste a altura do selim; coloque uma palmilha ou um calço entre o calçado e a presilha ou faça um calçado especial.
  2. Tome um remédio anti-inflamatório e sedativo (Aspirina ) e aplique gelo devagar; melhore habilidade de andar
Triceps
  • Sintomas: Dores musculares; fraqueza
  • Causas:
  1. Condicionamento insuficiente.
  2. Distância do guiador excessiva.
  3. Posição rígida de pedalar.
  • Soluções:
  1. Faça exercícios ou estiramento do triceps com pesos para aumentar a força muscular.
  2. Coloque um espigão do guiador mais curto.
  3. Troque a posição do braço e da mão com freqüência.
Braços e Pernas
  • Sintomas: Erupção cutânea causada por fricção
  • Causas: Colisão
  • Soluções: Limpe o ferimento e cubra-o com uma pomada antibiótico e gaze, que deve ser trocada todos os dias; melhore suas habilidades de dirigir.
Pele
  • Sintomas: Queimaduras; câncer de pele
  • Causas: Super-exposição aos raios solares ultravioleta
  • Soluções:
  1. Use um protetor solar com um fator de, no mínimo, 15.
  2. Cubra as partes queimadas com um visor, colant ou malha de manga longa para evitar danos maiores; consulte um médico a respeito de lesões e manchas duvidosas.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL