Conhecer as calorias dos alimentos, para elaborar dietas, assim como apreender as calorias dos alimentos para controlar as necessidades diárias. Conhecer os gastos calóricos para emagrecer com exercícios físicos, tendo por base as necessidades calóricas diárias. Calorias controladas através de dietas que permitam emagrecer.


Controlar a fome reduz ingestão de calorias

A ingestão de calorias pode ser reduzida, enquanto controla a fome. 
Uma pesquisa investigou o impacto da ingestão de alimentos densos e de baixa energia, em calorias consumidas, saciedade e peso corporal. 
Alcançar e manter um peso corporal saudável pode ser um desafio. A pessoa deve manter um equilíbrio cuidadoso entre as calorias consumidas e energia gasta para manter seu peso corporal recomendado e deve consumir menos calorias do que as que gasta, a fim de perder peso. Para inverter a tendência atual dos EUA em que existe uma grande percentagem de pessoas com sobrepeso e obesidade, muitos americanos precisam consumir menos calorias e ser mais ativos. 
Os americanos têm usado muitas estratégias dietéticas para consumir menos calorias, incluindo a limitação na quantidade de comida, grupos de alimento, ou certos macronutrientes, como carboidratos ou gorduras. Embora estas estratégias possam ajudar a promover uma ingestão calórica moderada, particularmente durante curto prazo, elas têm limitações. Estas abordagens podem comprometer a qualidade da dieta ou causar a sensação de fome e insatisfação, o que pode limitar a sua aceitabilidade, sustentabilidade e eficácia a longo prazo. 
A pesquisa suportou uma estratégia alternativa para o gerenciamento de consumo de calorias baseado em incentivar as pessoas a comer mais alimentos que são baixos em calorias em determinada medida, isto é, são baixos em densidade de energia (kcal / g). 
A pesquisa mostra que as pessoas comem uma quantidade bastante consistente de alimento numa base diária. Esta constatação é válida se a quantidade de alimento contiver muitas ou poucas calorias. 
Portanto, o número de calorias numa determinada quantidade ou peso do alimento (ou seja, a densidade de energia do alimento) afeta o número total de calorias que uma pessoa consome. 
Esta breve pesquisa permitiu fazer uma introdução ao conceito de densidade de energia, fornecendo abordagens práticas para os profissionais de nutrição, ao usar o aconselhamento de pessoas em reduzir a densidade de energia dos alimentos que ingerem. Como conclusão da pesquisa formulada ficou evidente a forma cientifica que suporta o uso de dietas ricas em alimentos de baixa densidade energética para o gerenciamento de peso.

POSTAGENS POPULARES

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL