Conhecer as calorias dos alimentos, para elaborar dietas, assim como apreender as calorias dos alimentos para controlar as necessidades diárias. Conhecer os gastos calóricos para emagrecer com exercícios físicos, tendo por base as necessidades calóricas diárias. Calorias controladas através de dietas que permitam emagrecer.


Dieta da fruta

Este plano, baseado em fruta da época, deve ser feito durante uma semana.

Por ser muito baixa em calorias, esta dieta é recomendável apenas a pessoas saudáveis e que queiram perder volume e algum peso em pouco tempo. Caso não tenha este perfil, o aconselhável é recorrer a um dietista ou nutricionista para a ajudar a emagrecer de forma personalizada tendo em conta a sua idade e o seu metabolismo.
Para emagrecer ou não, as frutas devem fazer parte da sua alimentação

Este plano alimentar inclui gorduras saudáveis, ainda que poucas, e é rica em vitaminas e antioxidantes que melhoram a pele. Por isso, privilegia a ingestão de quatro frutas que ajudam a perder volume, emagrecer e regular os intestinos.

A dietista Dra. Marisa Costa recomenda seguir esta dieta apenas uma semana “Não recomendo fazer esta dieta mais do que uma semana,devido ao excesso de frutose (acúcar da fruta), a carência de outros hidratos de carbono com o amido(essencial para manter um equilibrio a glicose no sangue e dar saciedade).

1- Melancia, depurativa e saciante94% desta fruta é água e tem apenas 24 calorias por cada 100g. A cor avermelhada da sua polpa deve-se ao licopeno, um poderoso antioxidante. É uma das frutas com maior quantidade de vitamina C e produz um efietos desintoxicante diurético. É também rica em vitamina A,B1,B2. Pobre em gordura e em sódio, por isso é perfeita para quem quer perder peso.

2- Melão, fruta com poucas calorias Tem apenas 27 calorias por cada 100g e a sua polpa amarelada é constituida essencialmente por betacarotenos. Uma porção de 100g proporciona mais de metade da dose diária recomendada da vitamina C, o que faz desta fruta um antioxidante quase em estado puro, aliado contra o cancro e as doenças cardiovasculares. É um excelente depurativo e rehidratante, rico em hidratos de carbono, cálcio,fósforo, magnésio e potásio.

3- Pêssego, aumenta a boa-disposiçãoCom apenas 38 calorias por 100g é um alimento diurético, ligeiramente laxante, fácil de digerir e alcalino (não ácido). Limpa os rins e a vesícula e é rico em cálcio, fósforo, magnésio, potássio, vitamnian B e manganês (essencial para desenvolvimento dos osos e na cicatrização das feridas). Em fase pré-menstrual muitas mulheres sentem vontade de comer chocolare devido ao seu alto teor de magnésio. Porque não compensar esse desejo com pêssegos?

4- Ameixa, muito mais do que fibraCom 36 calorias por cada 100g é muito rica em fibra e outras substâncias que produzem um suabve e natural efeito laxante. É ideal para combater a prisão de ventre, a anemia e reforçar as defesas do sistema respiratório. Já as passas de ameixa, ainda que muito mais calóricas (158kcal por 100g), são consideradas um dos mais poderosos alimentos antioxidantes.

Fruta : QUANTO E COMO?

De acordo coma dietista Marisa Costa, aconselha-se um consumo de 3 a 4 peças de fruta por dia. E quano for ingerida fora das refeições principais deve ser sempre acomoanhada um hidrato de carbono (bolachas,tosta,pão porque a frutose é um açúcar de absorção rápida e por isso com um nível de saciedade muito baixo, provocando uma oscilação muito grande nos níveis de glicose no sangue.

Para emagrecer ou não, as frutas devem fazer parte da sua alimentação.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL